Pensamento Interativo

O digital invadiu o real:
a palavra da vez é integração.

 

Um dos passos mais importantes na construção de um planejamento de marketing é a identificação e criação de personas. Personas são essenciais na construção de um conteúdo estratégico pois o propósito das ações criadas por uma marca precisa ser comunicado de maneira certa para as pessoas certas.

Qual a diferença entre buyer persona e público-alvo?

 

Antes de começar é preciso saber a diferença de público-alvo, o processo mais comum usado pelo marketing para classificação de clientes, para buyer persona. Os dois não significam a mesma coisa. Enquanto público-alvo é a parcela abrangente da sociedade com quem você se comunica, persona é a representação semificcional do seu cliente ideal.

Em um mercado muito abrangente e com concorrência acirrada como o atual, se comunicar com o cliente sabendo exatamente o que ele precisa, te deixa passos à frente no desenvolvimento de estratégias de marketing mais aperfeiçoadas. Porém a criação de personas não pode ser baseada em dados hipotéticos. Sua construção deve ser feita a partir de uma análise dos dados reais que você possua sobre os seus clientes atuais. Essas informações podem ser obtidas através da sua base de dados e também por pesquisas.

Como Definir Suas Personas

 

A partir dessa coleta é criado um perfil com essas informações divididas entre elementos objetivos (nome, cargo, renda, idade) e subjetivos (objetivos pessoais, hábitos de compra, dificuldades e desafios). Você não precisa ter necessariamente uma persona para sua marca, mas sim decidir qual é a mais importante entre as que foram criadas. Uma consideração sobre esse processo de criação é não deixar de incluir dados e observações coletadas de clientes insatisfeitos. Assim, você terá um panorama mais abrangente e realista de suas necessidades.

Criar personas não é uma ação pra ser feita uma única vez. Você deve aperfeiçoar e melhorar esse processo com o passar do tempo de acordo com as mudanças do mercado e de posicionamento da sua empresa. Além disso, elas precisam ‘sair do papel’ e realmente pautar as ações estratégicas do seu departamento de marketing, seja online ou off-line.

 

Quem escreveu:

Isabel Sant Anna

Formada em marketing e cursando pós em mídias sociais, tem paixão por escrever e descobrir coisas novas. No tempo livre, gosta de explorar séries novas e criar playlists no Spotify. Sua cidade preferida é São Paulo e sonha em conhecer Nova York e Paris.

Veja todos os posts de Isabel Sant Anna

Comente

Comentários