Parece fácil, mas encontrar a melhor taxonomia para o seu site não é uma tarefa das mais simples.

Uma recente pesquisa mostra que a razão número 1 de insatisfação dos usuários é não encontrar o que buscam em websites, chegando ao número de 50%.

Em 2005, Peter Morville definiu findability como: “A habilidade dos usuários de identificar e navegar em páginas de websites para descobrir informações relevantes.”

E o que determina este conceito?

Uma busca eficiente, boa navegação e principalmente a sua taxonomia. Com a ajuda dela, podemos dividir as palavras-chave em 3 grupos:

Navegacionais: indicam que o usuário deseja encontrar um site específico.

Informativas: consultas informativas indicam que o usuário está procurando por informações específicas, por exemplo: “dicas de jardinagem”, “dicas de filmes”…

Transacionais: uma pesquisa transacional indica que o usuário deseja realizar uma atividade na web, como “comprar presentes online”, “comprar filmes online”…

Você já ouviu falar nos dirty magnets?

O termo dirty magnet foi designado para um link que atrai usuários prometendo algo que não cumpre.

Em uma boa analogia, se os dirty magnets se casassem, a maioria deles pediria o divórcio porque não mantiveram suas promessas. Uma promessa quebrada é como um link “mentiroso”. Faz você criar expectativas, mas em vez disso te leva ao lugar errado, o faz perder tempo, em suma, o frustra.

A melhor maneira de se livrar destes links safados é através de uma simples pesquisa. Reúna as tarefas mais requisitadas pelos seus usuários e crie várias perguntas. Depois, peça para que eles digam onde esperam encontrar as respostas na navegação do site. Se um link em específico for muito clicado independentemente das tarefas mais requisitadas, ele pode ser identificado como um dirty magnet. A partir daí, pode-se filtrar e escolher nomes adequados para as determinadas seções do seu website.

Bons resultados e melhor usabilidade para o seu usuário com certeza mostram que vale a pena investir nesta etapa tão importante de um projeto web. ; )

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.